Geral

Cria da base do Avaí, Renanzinho morre após complicações de tumor cerebral

Afastado dos gramados desde descoberta do problema, ex-volante estava internado há 15 dias e não resiste após piora no quadro na manhã desta quinta-feira

O ex-volante Renanzinho faleceu após complicações decorrentes de um tumor cerebral. Revelado pelas categorias de base do Avaí, o jovem de 20 anos descobriu o problema em 2015 e estava afastado do futebol. Pelo Leão da Ilha, foram 31 partidas e um gol marcado.

Renanzinho era apontado como uma grande promessa azurra e disputou o Brasileirão de 2015 pelo Avaí. Ele é irmão de outra joia do clube, Luanzinho, que foi promovido aos profissionais na última temporada.