Geral

Vettel faz primeiro teste com Shield e reclama da visibilidade: “Fiquei meio tonto”

Peça foi desenvolvida com o objetivo de proteger a cabeça do piloto em caso de impacto frontal. Alemão tetracampeão foi o responsável por inaugurar o uso do Shield em pista

Sebastian Vettel foi o responsável por fazer o primeiro teste de pista com o “Shield”, peça desenvolvida com o objetivo de proteger a cabeça do piloto. Durante o primeiro treino livre, o alemão saiu com sua Ferrari equipada com o Shield, mas sequer conseguiu completar uma volta, voltando imediatamente ao box. Atual líder do campeonato, o tetracampeão reclamou da visibilidade e de que teria sentido tontura.

– Eu testei pela manhã e fiquei meio tonto. A visão frontal não é muito boa. Isso provavelmente tem a ver com a curvatura (do Shield), a visão fica distorcida, e o fluxo do ar puxa o capacete para frente nas retas. A gente planejava andar mais com isso, mas eu não gostei e optamos por tirar.

A ideia de criar uma peça que protegesse a cabeça do piloto surgiu após o acidente que vitimou Jules Bianchi em 2014 no GP do Japão, além também do ocorrido com Justin Wilson em prova da Fórmula Indy em Pocono no ano seguinte. Ambos faleceram depois de serem atingidos fortemente na cabeça, e a FIA desde então passou a pensar em opções que pudessem evitar esse tipo de contato.